Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu nesta quinta-feira, 3, o julgamento da ação movida por servidores do Estado do Ceará que cobram o retorno do Plano Collor. A sessão do STF terminou quando o placar estava empatado em 5 a 5, e caberá ao presidente da corte, o ministro Ricardo Levandowski, o ‘Voto de Minerna

A ação do Ceará que pede a reincorporação dos 84,32% referentes a perdas do plano também diz respeito a servidores do Amapá que movem uma ação idêntica, só que no Superior Tribunall de Justiça (STJ).

Segundo o senador Randolfe Rodrigues (Rede), que acompanha o julgamento, cerca de 3,4 mil funcionários do Amapá aguardam a boa notícia.  

“Vamos continuar acompanhando e pressionando para o resultado favorável aos servidores”, afirmou o senador. afirmou Randolfe Rodrigues.

O julgamento no STF começou em 2012. A data de continuação da sessão de ontem ainda não tem previsão. 

Compartilhamentos