Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Policiais civis estão cumprindo desde o início da manhã desta quinta-feira, 22, quatro mandados de busca e apreensão em casas de servidores e ex-servidores da Assembleia Legislativa do Amapá (Alap) na capital, Macapá.

Por enquanto há poucas informações sobre a investigação, que tem a ver com o uso de senhas no sistema administrativo e financeiro da Assembleia Legislativa.

“Estamos ainda no cumprimento dos mandados, avaliando e relacionando todos os documentos apreendidos, mas ainda não podemos dar maiores detalhes”, limitou-se a comentar o delegado Celso Pacheco, da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Patrimônio (DECCP), que está conduzindo a operação.

Os policiais foram a residências em bairros como Alvorada e Laguinho. Não houve prisões.

Policiais e um promotor do Ministério Público do Estado acompanham as diligências. O MP ainda não se posicionou sobre o assunto. 

Foto: Márcio Barcellar

Compartilhamentos