Compartilhamentos

 

DA REDAÇÃO

Morreu nesta segunda-feira, 10, com uma infecção generalizada, o secretário de finanças do Partido dos Trabalhadores no Amapá (PT), Edson dos Santos, de 36 anos. “Edson Negão”, como era chamado pelos amigos e militantes, estava internado com sintomas de hepatite.

O dirigente petista estava no hospital da Unimed desde o domingo, 9. Ele morreu por volta das 13h, deixando esposa e três filhos de 19, 16 e 13 anos.  

O PT publicou uma nota lamentando a morte do companheiro que chegou a disputar o cargo de vereador em Macapá na campanha deste ano.

“Temos a certeza que suas lembranças e sua força continuarão alimentando nossas lutas por um Amapá mais justo”, diz nota do partido.

O corpo começou a ser velado às 18h, na Rua Redenção, 432, no Conjunto Barcellos Bairro Jardim Marco Zero. O sepultado está marcado para esta terça-feira, 11.

Compartilhamentos