Compartilhamentos

VALDEÍ BALIEIRO

Na manhã desta quinta-feira,6, o Instituto de Defesa do Consumidor (Procon) no Amapá fez uma ação de fiscalização sobre denúncias de preços e serviços ofertados para quem vai viajar para o Círio de Nazaré em Belém (PA). A ação aconteceu no Porto do Grego, em Santana, distante 17 quilômetros de Macapá.

Operação do Procon com MP ocorreu no Porto do Grego. Fotos: Valdeí Balieiro

Operação do Procon com MP ocorreu no Porto do Grego. Fotos: Valdeí Balieiro

De acordo com a chefe de fiscalização do Procon, Lana Cristina, o objetivo era inspecionar os preços e serviços que estão sendo ofertados para quem viaja nesse período. Ela ainda conta que existem valores altos cobrados que não oferecem os serviços mínimos.

“Essa ação vem pelo número alto de denúncias que recebemos. Nosso foco são as agências de viagens e as embarcações. Na maioria, os serviços que deveriam ser ofertados não constavam dentro do valor cobrado. Para se ter noção, o café da manhã é o mínimo que deveria ser ofertado, mas não estava sendo”, contou Lana.

Lana , chefe de fiscalização do Procon. Alto número de denúncias sobre qualidade dos serviços prestados pelas empresas

Lana , chefe de fiscalização do Procon. Alto número de denúncias sobre qualidade dos serviços prestados pelas empresas

O Procon ainda contou com a parceria do Ministério Público do Estado do Amapá(MP-AP) que estava acompanhando todos os processos já instaurados sobre abusos nos preços e serviços.

14593587_1099822810106767_1252025599_n

Lana Cristina ainda afirma que os valores cobrados pelas agências cai na lei de livre concorrência, onde cada um coloca um valor para chamar clientes.

“Em cada agência nós buscamos ver se a empresa possui o Código de Defesa do Consumidor, procuramos notas fiscais e também cobramos que elas coloquem os valores das passagens em placas, e que fiquem em locais visíveis a todos”, complementou a chefe de fiscalização.

Segundo o Procon, R$ 130 costuma ser o valor mínimo cobrado para o translado. O número exato de passageiros que estão embarcando para Belém o órgão não soube destacar.

Núbia e o filho vão cumprir uma tradição

Núbia e o filho vão cumprir uma tradição

Núbia Guerra, de 50 anos, vai viajar com o filho, Breno Matos, para participar do círio de Nazaré em Belém. Ela conta que todos os anos costuma ir com o filho encontrar com familiares e amigos, além de acompanhar o Círio e renovar a fé.

“Todos os anos viajamos para Belém para participar do Círio de Nossa Senhora de Nazaré. É um momento que vamos encontrar os familiares e amigos que moram lá e renovar nossas forças, nossa fé e agradecer a Deus pela vida”, explicou Núbia.

O Procon fará a fiscalização durante todo o dia para acompanhar todas as saídas de todas as embarcações.

Compartilhamentos