Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Policiais do Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE) atenderam uma ocorrência nesta sexta-feira, 4, que nada tinha a ver crimes de trânsito. Desta vez, eles foram chamados numa agência bancária no Centro Comercial de Macapá onde um suspeito estava tentando realizar sacar dinheiro de um empréstimo fraudulento, um golpe que já virou rotina no Amapá.

A prisão ocorreu à tarde. A PM foi acionada pelo disk denúncia por um senhor que estava bastante nervoso, informando estar dentro de uma agência do Bradesco, na Rua Cândido Mendes, esquina com a Avenida Padre Júlio Maria Lombaerd.

Quando chegaram ao local, os policiais encontraram com a vítima que se identificou e relatou o que estava ocorrendo. Disse que havia um homem se passando por ele naquele momento dentro do banco. Ele teria realizado um empréstimo com o nome da vítima, e tentava sacar R$ 10 mil.

Na abordagem, o acusado se apresentou com o nome da vítima e apresentou uma carteira de identidade. Era falsa. Não demorou para que ele apresentasse os documentos verdadeiros. Tratava-se de Altevir Martel Alves da Silva, de 54 anos.

Com ele, os policiais encontraram cerca de R$ 1,8 mil (foto de capa), e um cheque no valor de R$ 2,3 mil. O suspeito confirmou a fraude e apontou outro homem como o mentor do golpe. Seria uma pessoa ligada a uma agência de empréstimos consignados e morador do Bairro Marabaixo.  

Altevir Silva confirmou que os dois haviam falsificado a identidade da vítima para realizar um empréstimo de quase R$ 38 mil.

O acusado foi apresentado no Ciosp do Pacoval. Policiais do BPRE E do 6º BPM foram até o Marabaixo, na Zona Oeste da capita, mas não conseguiram localizar o comparsa.

Compartilhamentos