Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Agentes penitenciários conseguiram evitar uma fuga em massa na madrugada desta quinta-feira, 23, no Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen).

A tentativa ocorreu no pavilhão chamado de “Seguro”, onde ficam criminosos condenados por crimes sexuais e outros ameaçados de morte. De acordo com a coordenação de Segurança do complexo, eram 5h quando os internos arrombaram uma grade para sair de uma das celas.

Ao todo, eram 25 detentos. Em seguida, três deles se dirigiram para a muralha carregando uma escada feita de tecidos e madeira, mas não tiveram tempo de usar a ferramenta.

Cela foi arrombada pelos internos. Fotos: Iapen/Divulgação

Cela foi arrombada pelos internos. Fotos: Iapen/Divulgação

Internos não conseguiram usar a escada feita de tecido e madeira

Internos não conseguiram usar a escada feita de tecido e madeira

Agentes da equipe Delta, que estavam nas guaritas, perceberam a ação e fizeram disparos. Os detentos foram cercados por outros agentes e imobilizados.

Na revista, não foram encontradas ferramentas usadas para arrombar a grade.

“Apesar de ser uma grade grossa, o lugar é frágil porque o bloco é muito antigo. Eles (internos) vão forçando a grade até ela se soltar. Nesse caso, nem cabe mais uma reforma, é caso de demolição e construção”, explicou o presidente do Iapen, Jefferson Dias.

Atualmente, quatro novos pavilhões estão sendo construídos no Iapen. A previsão, de acordo com Dias, é de que os dois primeiros sejam entregues ainda este ano.

“Quando isso ocorrer esses presos serão transferidos”, adiantou.  

Compartilhamentos