Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

O assaltante que mantinha vários reféns dentro da Unidade Básica de Saúde dos Congós, na zona sul de Macapá, se entregou para a polícia por volta das 11h. Mais de 30 pessoas ainda permaneceram dentro do prédio sendo devidamente identificadas pela Polícia Militar.

Ninguém ficou ferido. O assaltante foi identificado como Felipe Duarte dos Santos, de 19 anos. Durante as negociações com o Bope, ele se declarou viciado em cocaína.

“Alegou ser viciado em cocaína, e por conta da necessidade em consumir os entorpecentes saiu na prática de alguns roubos. Foram três assaltos consecutivos”, explicou o tenente Jonas, do Bope. a Operação estava sendo conduzida pelo tenente-coronel Paulo Mathias, comandante do Bope. 

Felipe Santos invadiu a UBS no início da manhã desta sexta-feira, 3, quando percebeu que estava sendo seguido por uma viatura da Guarda Civil Metropolitana. Os guardas haviam presenciado um dos roubos, acionaram a PM e decidiram seguir o criminoso até o momento em que se escondeu na UBS. A intenção dele era se misturar entre os pacientes e ludibriar a equipe, mas ele foi percebido por outro guarda que estava dentro da UBS.

Local foi isolado pela PM

Local foi isolado pela PM. Fotos e vídeo: Olho de Boto

De acordo com o Bope, além da enfermeira que tinha uma arma apontada para a cabeça, ele colocou uma paciente na porta da sala onde se refugiou para servir de escudo humano.

Outras 30 pessoas se esconderam em diversas salas da UBS. A imprensa ficou distante do local da crise. Apenas o repórter cinematográfico Albenir Souza, da TV Amapá, recebeu autorização para registrar mais de perto o desfecho. Quando o criminoso se entregou e foi algemado, as vítimas começaram a sair das salas. Algumas choravam muito.

Com Felipe Santos, a polícia apreendeu um revólver calibre 22 com duas munições intactas. Ele foi encaminhado para o Ciosp do Pacoval. Equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros estão dando assistência aos pacientes e funcionários da UBS. 

Compartilhamentos