Compartilhe

DA REDAÇÃO

A campanha de vacinação 2017 do Ministério da Saúde terá ampliação na faixa etária de crianças e adultos. O objetivo é aumentar a proteção e elevando as coberturas de seis vacinas. Em Macapá, a prefeitura aguarda o ministério aumentar o quantitativo de vacinas destinados para a Secretaria Municipal de Saúde (Sema) para realizar as mudanças.

As vacinas que serão ampliadas são  tríplice viral, que previne o sarampo, caxumba e rubéola, passa a ser administrada em adultos de 20 a 29 anos ou em uma dose para pessoas de 30 a 49 anos; e a tetra viral, que é administrada em crianças até dois anos, passará a contemplar crianças de 15 meses a 4 anos. A vacina dTpa adulto, utilizada em grávidas a partir da 27ª semanas de gestação, passará a  ser recomendada a partir da 20ª semana de gravidez. Já a Hepatite A será disponibilizada a crianças até 5 anos de idade.

As vacinas de HPV e meningocócica C já estão com a faixa etária ampliada desde o início do ano. Em 2017, a vacina contra HPV já está sendo disponibilizada para meninos de 12 e 13 anos e meninas de até 14 anos, bem como para homens e mulheres com HIV, entre 9 e 26 anos; e a meningocócica C, que antes só era disponibilizada para crianças de até dois anos, já está sendo oferecida para crianças de até 4 anos e adolescentes de 12 e 13 anos.

“As campanhas do HPV e meningocócica C não sofrem alteração, pois já estão contemplando a nova faixa etária recomendada desde o início do ano. As demais só começarão a ser ampliadas quando o Ministério da Saúde aumentar nosso quantitativo de vacinas. A população não deve se preocupar, pois, gradativamente e após o treinamento dos nossos profissionais, aumentaremos a oferta dessas vacinas para o público preconizado”, disse a coordenadora municipal de Imunização, Jorsette Cantuária.

Foto destaque: Ascom PMM

Compartilhe