Compartilhe

ANDRÉ SILVA

O programa Hora Santa já faz parte da tradição da família amapaense que busca por meio do rádio um momento de reflexão sobre a Paixão de Cristo. O programa completa 23 anos no ar e já é o mais longo de rádio FM do Amapá.

O apresentador e idealizador do programa, Reginaldo Santos, conta que no início o programa era um quadro do “Desperta Amapá”, outro programa da mesma emissora que ia ao ar das 5h às 8h. A duração era de apenas dez minutos, tempo suficiente para duas orações e uma música.

“Rezávamos um Ave Maria, um Pai Nosso e tocava música do Padre Zezinho, era a única que tinha nesse tempo”, lembrou com risos o apresentador.

Depois desse horário, o resto da programação era só de música instrumental, então, Santos e sua equipe resolveram assumir o horário e dar início ao programa que ia ao ar das 5h as 18h.

Pessoas vão à quadra da igreja acompanhar o programa...

Pessoas vão à quadra da igreja acompanhar o programa…

????????????????????????????????????

…e contribuem com cestas básicas

Tradicionalmente, muitos macapaenses vão até a quadra da Igreja Jesus de Nazaré, na área central de Macapá,  assistir ao programa que também é transmitido pela internet.

Este ano a grande novidade é que o programa fará a sua primeira transmissão ao vivo pelo Facebook, uma das principais ferramentas de comunicação usada pelo programa, além de mensagem de texto, telefonemas ou Whatsapp. Seja pelo meio que for, o que mais os ouvintes pedem é oração.

“Pela família, pelos filhos que estão nas drogas, que não chegou em casa e o pai não sabe aonde está. Através do Hora Santa a gente tenta ajudar em oração”, explicou o radialista.

????????????????????????????????????

Bandas convidadas como a Misericordie Dei

Contra-capa do CD gravado

Contra-capa do CD gravado e distribuído de graças todos os anos

Todos os anos a coordenação do programa distribui CDs de graça com músicas que são tocadas na programação. Este ano, cinco mil unidades foram gravadas. Além das músicas da programação, bandas evangélicas e católicas dividem o palco.

É o terceiro ano de participação da Banda Misericordie Dei. O padre Fábio Pereira diz que o objetivo do grupo é levar a palavra de misericórdia de Cristo para as pessoas.

“O ministério nasceu no dia da festa da misericórdia. Nosso objetivo é fazer as pessoas experimentarem o que é a misericórdia de Deus para o homem”, comentou o padre.

????????????????????????????????????

Reginaldo Santos: de quadro a programa

Compartilhe