Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

O 14º Fórum de Governadores da Amazônia Legal terá como principal objetivo a definição de regras para um consórcio interestadual. O evento ocorre na quinta (4) e sexta-feira (5), em Porto Velho, capital do Estado de Rondônia, no Palácio do Rio Madeira.

O governador do Amapá, Waldez Góes confirmou presença e deve se encontrar com os chefes do executivo estadual de Rondônia, Roraima, Acre, Maranhão, Pará, Amazonas, Mato Grosso e Tocantins.

A proposta da fundação de um consórcio interestadual começou a ser elaborada em Macapá, no mês de janeiro, quando o Amapá sediou a 13ª edição do fórum.

Waldez Góes explica que a ideia inicial era elaborar um dispositivo que permitisse aos estados executarem entre si cooperações, convênios, associação de serviços, execução de obras, compras públicas, compartilhamento de serviços e instrumentos, produção de estudos técnicos, intercâmbio científico, entre outras permissões.

“A expectativa é que nós, governadores da Amazônia legal, deveremos sair de Rondônia com o protocolo do consórcio aprovado e assinado por todos. O consórcio é fundamental para fortalecer a nossa luta em defesa de projetos importantes para os nossos estados”, disse o governador.

Pautas

O 14º Fórum de Governadores da Amazônia Legal tratará, ainda, de temas nas áreas de meio ambiente, segurança pública e comunicação. Os secretários de Estado de cada um destes setores se reúnem no dia 4, véspera do encontro dos governadores.

Foto: Secom/arquivo

Compartilhamentos