Compartilhamentos

Policiais da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) apreenderam quase 6 quilos de cocaína e crack, durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão na zona norte de Macapá. Um ex-detento, que cumpria o restante da pena em regime aberto, foi preso em flagrante.

A operação ocorreu na Rua Bartolomeu Gusmão, no Bairro Infraero I, por volta do meio-dia. Os investigadores já vinham monitorando os passos de Josiney Ferreira Costa Gomes, de 28 anos.

Ele havia cumprido 5,7 anos de prisão no Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen), de um total de 8 anos de pena. Há um ano ele estava cumprindo o restante em liberdade, mas decidiu continuar no crime.

Pedras de crack e cocaína

O delegado que investiga o caso, Sidney Leite, pediu um mandado de busca e apreensão que foi concedido pela 2ª Vara Criminal de Macapá. Durante o cumprimento do mandado, o acusado tentou se livrar das drogas.

“Ele têm um sistema de câmeras e viu a gente chegando. Ele correu para o banheiro para se desfazer e impedimos que jogasse a droga pela privada. Até nem iria conseguir porque a quantidade era muito grande. Estava dentro da mochila”, relatou o delegado.

De acordo com os investigadores, Josynei Ferreira fornecia drogas para bocas de fumo da região, mas não era o verdadeiro dono do produto.

“Ele trabalhava para outro traficante que estamos investigando”, revelou o delegado.

Delegado Sidney Leite, da DTE: 4 armas em duas semanas

Armas

Esta foi a segunda ação da Polícia Civil contra o tráfico em poucas horas. Na mesma manhã, os policiais da DTE pediram apoio do Batalhão de Rádio Patrulhamento Motorizado (BRPM) para abordar um acusado de tráfico.

O criminoso tinha escolta, e uma pistola 380. Segundo a polícia, a arma havia sido furtada da residência de um vigilante.

Em duas semanas, a DTE apreendeu 4 armas de fogo. Duas delas estavam com traficantes na Vila de Fazendinha e no Bairro Vale Verde.

Compartilhamentos