Compartilhamentos

EDY WILSON SILVA, colaborador

Moradores do Bairro Marabaixo, na zona oeste de Macapá, decidiram fazer um mutirão de limpeza neste domingo (23), às 8h, no Centro Comunitário Tempo de Educar, situado à Rua 4, no Marabaixo 2. 

O mutirão consiste em serviços de capina, limpeza, lavagem e pintura do prédio, que está abandonado pelo poder público desde fevereiro deste ano.

“O mutirão de iniciativa popular é para chamar atenção do Governo do Estado e da Prefeitura Municipal de Macapá que fizeram vista grossa para o estado de abandono em que está esse patrimônio público”, sintetiza o presidente do Rotary Clube Marabaixo e Jardim América, Jairo Rodrigues.

O Centro Comunitário Tempo de Educar está abandonado desde que deixou de ser um anexo da Escola Municipal Raimunda Lima Guedes.

Foto de parte do prédio mostra total abandono do lugar

Jairo Rodrigues, presidente do Rotary Club no Marabaixo. Fotos: Edy Wilson Silva

Segundo relatos de lideranças comunitárias e de pais de alunos, o prédio foi entregue sucateado. Eles denunciam que o prédio está depredado com extravio de histórico escolar de crianças do bairro do ensino fundamental, da estrutura elétrica, hidráulica e com o sumiço de centrais de ar, mesas, armários e material de expediente.

“O prédio só não foi invadido por moradores de rua ou viciados em drogas porque estamos vigiando direto. Até os vigilantes que haviam aqui o Governo do Estado dispensou”, arrematou Jairo Rodrigues.

Ele fez um apelo aos políticos, propondo aos vereadores, deputados estaduais, deputados federais e senadores do Amapá, que abracem a causa, e destinem emendas impositivas para recuperar o prédio e ajudar a comunidade na execução de projetos como, capoeira, jiu-jitsu, informática, dança, idosos na comunidade, crochê e jornalismo comunitário.

Compartilhamentos