Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

O cinegrafista Charles Maduro Pessoa, de 42 anos, aguarda cirurgia para retirada de bala na coxa esquerda. O profissional da imprensa continua internado no Hospital de Emergências de Macapá em estado estável. A preocupação é a falta de previsão para o procedimento cirúrgico.

Charles passou por uma primeira cirurgia ainda no sábado (29) para colocar pinos que devem segurar o fêmur na região onde a bala está alojada. Ele precisa passar por um segundo procedimento cirúrgico para retirar a bala. Mas o paciente não possui previsão.

Charles aguarda cirurgia com pinos na perna. Fotos: arquivo pessoal

“Estou preocupado porque os médicos confirmaram que se eu não fizer logo a cirurgia posso perder o movimento na perna”, frisou Charles por telefone.

O cinegrafista já foi incluído na lista de cirurgias do hospital, mas não tem nenhuma possível data do procedimento. Segundo informações do HE, existe uma lista de pacientes a espera de cirurgia ortopédica que respeita a emergência médica.

Charles informou que vai procurar a Justiça para cobrar a punição do policial que ele considerou abusiva.

Charles esta internado no Hospital de Emergências

O cinegrafista foi baleado por um tenente da Polícia Militar na madrugada do sábado (29), em um posto de gasolina na Rodovia Juscelino Kubitschek. Ambos contam versões completamente diferentes dos fatos que levaram a uma briga.

O comando da PM disse que acompanha o caso e no final, abrirá um processo administrativo de apuração.

Compartilhamentos