Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

O preço do cimento vem caindo consideravelmente nas últimas semanas no Amapá. A saca de 50 quilos pode ser encontrada a até R$ 21. Preço menor que no ano passado quando, neste mesmo período, chegou a ser vendida a R$ 27. Segundo revendedores locais, o motivo é o grande volume do produto no estoque das fábricas.

A explicação do empresário Evandro Coelho, proprietário da Cimento e Companhia, que trabalha comercializando o produto há 20 anos no Amapá, é a de que as grandes fábricas produziram demais e a procura diminuiu.

Ele explicou que há alguns anos o país precisava importar o produto para não ficar sem, e isso fez crescer o interesse de grandes grupos em investir em fábricas.

Produto está custando quase R$ 7 a menos . Fotos: André Silva

“O que está acontecendo com o cimento é que as grandes obras pararam, não só aqui, mas no Brasil todo. Há três anos tinha que importar cimento para não faltar o produto no Brasil. Com isso, os grandes grupos cimenteiros fizeram fábricas novas. Quando caiu o mercado, agora as fabricas tem muita produção e não tem mais para onde escorar e o preço baixou”, explicou.

Ele contou também que foi a primeira vez que isso aconteceu, geralmente o produto tende aumentar e não o contrário. O mercado, segundo ele, se mantém, ou seja, a queda do preço não aqueceu as vendas.

Atualmente, cinco marcas podem ser encontradas no mercado local e o preço pode variar entre R$ 21,00 e R$ 21,50.

Compartilhamentos