Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

A empregada doméstica Simei Moura de Freitas, de 39 anos, foi morta com um tiro na cabeça, no fim da tarde desta quarta-feira (1º), dentro da casa onde trabalhava, no bairro Universidade, zona sul de Macapá.

De acordo com informações preliminares, a mulher foi encontrada morta pelos donos da casa, sendo um policial militar. Ela estava jogada na cama, na suíte principal da casa, com roupas, mas sem calcinha, o que, segundo a polícia, pode configurar violência sexual. A perícia vai informar.

Tenente Marcelo Rodrigues, do 1º Batalhão da Polícia Militar Foto: Olho de Boto

Ainda conforme a polícia, algumas joias foram levadas e o guarda-roupas revirado. Não há suspeitos sobre o crime. Testemunhas informaram que dois carros foram vistos na redondeza, um preto e um cinza, conforme o tenente Marcelo Rodrigues, do 1º Batalhão da Polícia Militar.

Compartilhamentos