Compartilhamentos

SELES NAFES

Um policial rodoviário federal do Amapá morreu durante uma troca de tiros com assaltantes na cidade de Laranjal do Jari, município a 265 quilômetros de Macapá, no sul do Estado.

O crime ocorreu por volta das 22h30min, no ponto de travessia por balsas para o município de Almeirim (PA).

Segundo informações da Polícia Militar, Paulo Sérgio Costa Barbosa Dias, de 35 anos, estava com a esposa ao lado de seu veículo esperando o momento de embarcar quando o casal foi abordado por dois bandidos armados.

O policial teria reagido e trocado tiros com os bandidos que fugiram. Barbosa foi ferido no abdômen e transportado até o Hospital de Emergência de Laranjal do Jari, onde acabou não resistindo ao ferimento.  

Barbosa foi morto com um tiro no abdômen. Foto: Arquivo pessoal

Uma equipe do 11º Batalhão fez incursões no Bairro das Malvinas, em área de pontes, e conseguiu localizar um dos criminosos, identificado mais tarde como Renan Alves Soares, de idade não informada.

Houve nova troca de tiros, e o criminoso foi alvejado com dois disparos. Ele morreu no local. O revólver dele foi apreendido e os dois celulares roubados foram recuperados. O comparsa, identificado como Francinei Correa Balieiro, o “Paulinho”, está sendo procurado.

Por volta das 9h30min desta sexta-feira, o 11º BPM e o Bope estavam realizando incursões no Bairro das Malvinas atrás do criminoso. Pelo menos 18 policiais rodoviários também participam das buscas com uma equipe de inteligência da PRF.

O corpo do policial rodoviário federal continua em Laranjal do Jari. Familiares e amigos estão em Macapá aguardando que um avião faça o translado para a capital ainda nesta manhã. O velório será realizado na sede da PRF, no Bairro São Lázaro, zona norte de Macapá.

Apesar de ter nascido na cidade de Santarém (PA), Barbosa será sepultado no Amapá. 

Compartilhamentos