Compartilhamentos

Os arrastões estão ficando cada vez mais comuns em Macapá, especialmente na Zona Sul, onde estudantes universitários tem as mochilas arrancadas do corpo. Na madrugada desta quinta-feira, 27, no entanto, bandidos de um mesmo grupo acostumado a agir na região decidiram fazer um arrastão em casas. Depois de cinco residências no Zerão, o bando foi perseguido por populares e policiais. Todos foram presos.

Entre os objetos recuperados pela PM estão até copos e pratos

Entre os objetos recuperados pela PM estão até copos e pratos

Segundo a polícia, os bandidos invadiram residências para levar eletrodomésticos, entre eles televisores e micro-ondas. Numa das casas os bandidos foram afugentados pelos cachorros e acabaram abandonando parte do furto pelo meio do caminho.

Alguns moradores que tiveram as casas invadidas chamaram a polícia e também decidiram perseguir os assaltantes numa atitude no mínimo perigosa, já que alguns criminosos estavam armados.

O 1º Batalhão da PM, em várias viaturas, conseguiu fechar o cerco contra o grupo e encontrou na casa de um deles vários objetos furtados, como celulares, relógios, e até objetos de cozinha, como pratos, copos e uma pia. Tudo tinha valor para os bandidos que foram entregues pelos PMs no Ciosp do Congós e depois encaminhados para a Penitenciária.

Entre os suspeitos presos estão Elson Santos, o “Calcinha”, e Werlen Barbosa, o “Bem 9”, acusados de outros crimes como roubo e homicídio. Além deles foram presos Bruno Nascimento, Paulo Kennedy de Souza, Jair Brito, Ronilson de Souza e Marcos Feitas. Na casa de um deles a polícia também encontrou joias de uma das residências assaltadas. A pergunta que fica: quanto tempo eles vão ficar presos, antes de voltaram a fazer a mesma coisa?

 

Compartilhamentos