Compartilhamentos

Após a troca de tiros que resultou na morte do sargento da Policial Militar Luiz Eduardo Vieira de Moraes e na morte do assaltante Jhonatan Correa Lopes, de 18 anos, foram presas quatro pessoas acusadas de envolvimento no assalto na Lanchonete e Restaurante Divina Arte.

Estão detidos Dayan Ramos Modesto Frazão,de 22 anos, Wladimir Araújo Marques, também de 22 anos, e um menor de 16 anos, que teria sido o autor do disparo que atingiu o sargento. Também está presa Tatiane Sabrina Modesto Dias, de 27 anos. A PM acredita que Tatiane, e um dos presos, se passava por casal dentro da lanchonete com o objetivo de passar informações para os comparsas do lado de fora.

 IMG-20140213-WA0004

Além dos dois óbitos, uma cliente, Francisca Sales Brito, de 66 anos, foi atingida por um tiro no pulso em meio a troca de tiros. Ela foi atendida no Hospital de Emergência, mas não corre risco de morte.

IMG-20140213-WA0010

O Velório do Sargento está acontecendo no quadra poliesportiva do Comando Geral da Polícia Militar sob clima de extrema comoção. O sargento L.Viera era muito conhecido na corporação pelo empenho à farda. A versão oficial é de que ele lanchava na Divina Arte no momento do assalto, mas há relatos de que ele também faria segurança particular para ao restaurante que já tinha sido assalto no mês passado.

Arma utilizada no assalto.

Arma utilizada no assalto.

Compartilhamentos