Compartilhamentos

Os pescadores de Oiapoque relataram ter avistado destroços de uma aeronave na região do Cassiporé, a cerca de 200 quilômetros da sede do município, já na direção do Oceano Atlântico. A Polícia civil foi acionada para ir ao local, mas não conseguiram chegar ao avião devido à maré baixa. Na manhã desta terça-feira , 8, uma equipe do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) partiu de Oiapoque para a região do Cassiporé e vai tentar alcançar o local onde o avião foi visto. Suspeita-se que a aeronave estivesse transportando drogas da Guiana Francesa ou do Suriname.

Pescadores relataram à polícia que os destroços são da parte do meio de um bimotor. Disseram ainda que não encontraram sobreviventes. O delegado Célio Augusto, que investiga o caso, entrou em contato com a Infraero e o governo francês que afirmaram não existe registro oficial de nenhuma aeronave desaparecida na região.

A previsão é que a equipe do Ibama retorne com informações na sexta-feira, 11. A expectativa é de que seja possível ter o prefixo do avião, o que facilitaria a identificação e a origem da aeronave. De acordo com a polícia, a localização da aeronave poderia ser mais rápida se houve um helicóptero à disposição do Estado.

 

Compartilhamentos