Compartilhamentos

Depois de duas vítimas no fim de semana, o trânsito provocou mais uma morte nesta segunda-feira, 14. No início da tarde um pedestre foi atropelado por um motoqueiro quando atravessava a Rua Candido Mendes no Centro da Comercial da capital, próximo a Avenida Ernestino Borges. A vítima morreu no local e até o meio da tarde não tinha sido identificada.

Moto onde estava a menina de 15 anos arremessada. Morte instantânea

Moto onde estava a menina de 15 anos arremessada. Morte instantânea: Fotos: Olho de Boto

Segundo o Centro Integrado de Operações em Defesa Social (Ciodes), a dificuldade de identificação ocorreu porque a vítima não portava nenhum documento. “O motoqueiro conseguiu fugir, mas temos a identificação da placa do veículo em que ele estava. Agora a polícia continua a procura do infrator”, contou o plantonista do Ciodes, Capitão Edmilson.

Motoqueiro continua internado

Motoqueiro continua internado

O corpo foi removido pela Polícia Técnica e aguarda a identificação dos familiares. Também no início da tarde, por volta das 13h, outro acidente foi registrado no cruzamento da Avenida FAB com a Rua Santos Dumont. Pedro Henrique Alencar de Souza trafegava na avenida quando outro carro o fechou. O motorista perdeu o controle e acabou capotando. O outro veículo fugiu sem prestar socorro.

De acordo com o Ciodes, Pedro foi encaminhado ao HE com escoriações leves e não corre risco de morte. No fim de semana duas pessoas morreram e acidentes. A primeira aconteceu no sábado, 12. A vítima foi uma criança de nove anos atropelada no Loteamento Ipê, Zona Norte de Macapá.

A outra morte ocorreu na madrugada de domingo, 13. Uma adolescente de 15 anos que estava na garupa de uma moto que colidiu na traseira de um carro teve morte instantânea. Ela foi arremessada por quase 15 metros. O motoqueiro está internado no Hospital de Emergência.

 

Compartilhamentos