Compartilhamentos

Todos já ouviram falar de dezenas de dietas, cirurgias emagrecedoras e remédios milagrosos para emagrecer Mas qual o segredo para perder peso com saúde? Todos sabem que o correto é aliar exercícios físicos a uma boa alimentação. Mas um amapaense foi além. Yuri Esteves perdeu 50 quilos em 8 meses. Isso mesmo! Em menos de um ano ele conseguiu uma vida saudável usando a força de vontade.

Yuri José do Carmo Esteves, de 25 anos, nunca teve o peso ideal para sua idade. Acostumado a comer salgados, frituras, doces e muito refrigerante, ele chegou aos 24 anos com 140 quilos. Com o peso vieram privações, e também as doenças. Um dia ele descobriu que sofria de pressão alta e diabetes, então decidiu ter uma vida saudável. Começou a fazer aulas de Muay Thay (arte marcial originária da Tailândia). Logo no início era só uma atividade, mas com o passar tempo, ele aliou a dieta e conseguiu chegar ao peso ideal para sua idade.

Ex-músico, morador do Bairro Jardim Equatorial, Zona Sul de Macapá, hoje ele pesa 85 quilos. É professor em três academias e exemplo para seus alunos de que é possível emagrecer apenas com esforço físico e uma boa dieta. Solteiro e com uma ótima autoestima, ele conta que sempre teve amigos, mas namoradas, isso é outra história.

DSC_0127

A aluna e amiga de Yuri, Nathailya de oliveira Leite, de 25 anos, o conheceu antes de ser magro. Para ela a história dele é uma inspiração. “Ele sempre teve muita força de vontade para lutar contra o peso. Hoje ele é um exemplo de vida. Se ele perdeu 50 quilos eu posso perder 10” .

Yuri conversou com a nossa equipe e contou um pouco da sua história. Acompanhe.

DSC_0120

Selesnafes.com – Como era antes a sua alimentação?

Yuri Esteves – Eu comia de tudo. Salgados, doces, frituras, refrigerantes e o que mais tivesse pela frente. Antes eu comia muita besteira e não importava a quantidade. Hoje é bem diferente. Eu me importo com a qualidade da comida.

SN – Qual a necessidade de emagrecer?

YE – Eu tinha diabetes. Eu tive um principio de AVC em setembro do ano passado. Foi quando eu resolvi acordar e ter saúde. Eu esperei ter problemas para ter saúde. Hoje oriento as pessoas a procurarem médico logo. Não pratique esporte forçado, mas sim como qualidade de vida. Hoje a vida é tão corrida, mas temos que nos preocupar com nossos bem estar e saúde.

DSC_0114

SN – Qual o seu segredo para emagrecer?

YE – Primeiro esporte e alimentação saudável. Depois, força de vontade e foco, porque não é fácil

SN – Como você se sente hoje?

YE – É indescritível a mudança. Além de mudanças físicas, hoje eu tenho muito mais saúde. Me sinto mais disposto e alegre. Saio de casa feliz pra trabalhar e fazer o que eu gosto.

SN – O que aconteceu com as roupas do Yuri com sobrepeso?

YE – Eu cheguei a vestir número 60. Hoje estou vestindo 44. Era difícil encontrar roupa na época. Eu tenho umas calças e blusas que guardo como demonstração. Mas nunca mais quero vestir. As outras roupas eu dei.

SN – Conta um pouca da sua dieta

YE – Eu fiz só dieta. Não fiz bariátrica (cirurgia de redução de estômago). Não tomei nenhum remédio. Nada. Eu comecei a malhar, e depois regulei minha alimentação. Quando percebi que estava perdendo muito peso, comecei a treinar cada vez mais. Cortei frituras e gorduras saturadas, além de doces. Hoje vivo a base de proteínas e carboidratos. Optei por alimentos assados ou grelhados.  A parte mais difícil não foi emagrecer, mas sim manter o peso.

SN – Por que o esporte escolhido foi o Muay Thay?

YE – É um esporte que alivia o estresse, ajuda a perder peso, melhorar a musculação e trabalha o corpo todo. Além de ser bom pra mente. 

SN – Como fica o psicológico com essas mudanças?

YE – Pra quem quer emagrecer tem que ter força de vontade, foco e objetivo. É difícil e cansativo, mas vale muito a pena. Às vezes vem a vontade de extrapolar a dieta, mas tem que aguentar firme. Tem que colocar na cabeça que isso é o melhor. Exige disciplina e muito esforço.

SN – Hoje você é um exemplo para seus alunos. Como é que você se sente com isso?

YE – Eu me tornei exemplo para todos. Eu me sinto bem. Sempre digo que se eu consegui perder 50 quilos você consegue perder o que quiser, basta querer.

Compartilhamentos