Compartilhamentos

 

Na mira de Dora

Dora Nascimento

Campanha pro Senado começou a esquentar com a artilharia pesada de Dora (PT) para cima de Gilvam (PMDB). Dora, que está em quarto lugar nas pesquisas, tem falado das 16 emissoras de rádio que a família de Gilvam adquiriu quando ele foi senador por dois mandatos. Gilvam tem utilizado a tática da “vitimização”. 

Caso Petrobrás: Randolfe pede investigação

Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) e Cristovam Buarque (PDT-DF) querem que o Senado investigue a possível participação de parlamentares no maior escândalo da história da Petrobrás. Randolfe e Cristovam se reuniram com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Eles pediram que sejam comunicados caso haja provas contundentes.

 Envolvidos

Edison-Lobão-com-Sarney-estadão.com_.br_-440x288

À esquerda ministro Edison Lobão (PMDB,) um dos denunciados.

O mensalão da Petrobrás teria ocorrido entre 2004 e 2010, segundo denúncia da Revista Veja, e envolveu, principalmente, caciques do PMDB, entre eles Roseana Sarney (governadora do Maranhão) e os presidentes da Câmara, Henrique Eduardo Alves, e do Senado, Renan Calheiros. Randolfe quer que o Conselho de Ética do Senado apure as denúncias contra os parlamentares. Outro cacique do PMDB, ministro das Minas e Energia Edison Lobão, está incluído na lista de supostos beneficiados.

Demanda

TSE

Dificilmente o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai dar conta de julgar todos os processos envolvendo registros de candidatos do Amapá antes do dia da eleição. Das 160 ações que subiram em grau de recurso para o TSE, 43 foram indeferidas. 

Tiro no pé

Pesquisas internas de todos os partidos tem apontado resultados bem diferentes da pesquisa encomendada por jornal de propriedade de um candidato ao Senado. A estratégia tem sido conseguir o voto dos indecisos, especialmente no interior do estado, onde o mesmo grupo possui um gigantesco grupo de comunicação. Pode dar certo, mas, para muitos, é sinal de preocupação.

Expectativa

A segunda pesquisa do Ibope, que deve ser divulgada na próxima sexta-feira, 12,  será um divisor de águas para várias campanhas. Os resultados podem derrubar uma candidatura e, com certeza, nortear outras. O Ibope começou a aplicar os questionários nesta quarta-feira, 10. Esse trabalho termina na quinta-feira junto com a tabulação, mas dificilmente haverá divulgação nesse dia.

Compartilhamentos