Compartilhamentos

Em 92% dos casos de agressão contra mulheres o responsável é o próprio companheiro ou ex. Em 50% são os maridos ou namorados. Os dados são do Sistema de Cadastro de Casos de Violência Doméstica (Sicavid), do Ministério Público do Estado. O sistema fornece dados precisos sobre vítimas, autores e possíveis causas dessa violência. Os dados mais recentes são de 2013.

Segundo o levantamento, a faixa etária predominante de vítimas e agressores está entre 26 e 35 anos de idade, e 73% das vítimas declararam já haver sofrido outros episódios de violência.  O Sicavid, criado pela Promotoria de Justiça de Defesa da Mulher, registra dados sobre o perfil dos envolvidos, tais como: escolaridade, naturalidade, estado civil, cor/raça, renda salarial, grau de parentesco entre vítima e agressor, vínculo afetivo ou conjugal e medidas protetivas aplicadas, possibilitando a realização de um mapeamento da violência doméstica contra a mulher em todo o Estado.

A promotora de justiça Alessandra Moro destaca que o mapeamento da violência contra a mulher em todo Estado representa um grande avanço. “Permite que as ações do MP de prevenção e combate a essa violência sejam direcionadas com base em dados reais coletados. Desde 2011, quando o Sistema foi implantado, já conseguimos desenvolver um trabalho amplo de divulgação e orientação da Lei Maria da Penha, contribuindo para o resgate de valores essenciais e educação na sociedade, caminhando para uma redução dessa violência que atinge não só a mulher, mas toda a família”, avalia a promotora. (Foto: divulgação)

Compartilhamentos