Compartilhamentos

O feriado prolongado da Semana Santa terminou no domingo, 05, sem nenhum acidente com morte nas rodovias estaduais. A informação é do balanço divulgado nesta segunda-feira, 06, pelo Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE). Desde o dia 01 de abril apenas cinco acidentes foram registrados nas rodovias. 51 veículos foram recolhidos.

Todo efetivo do batalhão foi escalado para trabalhar na fiscalização denominada “Semana Santa Segura nas Rodovias”. As barreiras foram montadas em pontos estratégicos definidos a partir de dados estatísticos do BPRE. Foram selecionados trechos mais críticos, como as Rodovias JK e Curiaú.

Rodovia do Curiaú teve atenção especial

Rodovia do Curiaú teve atenção especial

De acordo com o balanço da operação, os principais registros ocorreram na Rodovia do Curiaú. “Nós demos uma atenção redobrada a essa rodovia devido ao aumento no fluxo de veículos que se deslocaram para as comunidades do interior devido às festas relacionadas ao início do Ciclo do Marabaixo. A rodovia é o palco de 50% das mortes nas rodovias estaduais”, afirmou o comandante do BRPE, capitão Rondineli Marques.

O trabalho de fiscalização aconteceu nas principais rodovias

O trabalho de fiscalização aconteceu nas principais rodovias

Capitão Rondineli Marques: todo o efetivo foi usado na operação

Capitão Rondineli Marques: todo o efetivo foi usado na operação. Foto: Anderson Calandrini

A Rodovia JK também recebeu atenção redobrada. Nesse caso são as pessoas que gostam de frequentar boates e bares que ficam entre Macapá e Santana. Os motoristas gostam de correr durante a madrugada.

“Mesmo sendo uma rodovia duplicada e pavimentada, os motoristas continuam abusando. Em um cálculo simples, seguindo a uma velocidade de 60 km/h, que é a permitida na rodovia, uma pessoa chegaria em Santana, saindo de Macapá, em cerca de 20 minutos. Mas os motoristas continuam não respeitando essa velocidade e querem fazer o percurso em menos tempo aumentando a velocidade do veículo. É uma escolha arriscada. Não é compreensível que motoristas queiram ganhar alguns minutos colocando em risco as próprias vidas”, lamentou o capitão.

Ele acrescentou que 80% dos acidentes ocorrem pela falta de respeito às sinalizações nas rodovias e não pela mistura de direção e álcool como se pensa.

O BPRE classificou a Operação Semana Santa como positiva. Do dia 01 a 05 de abril, apenas cinco acidentes foram registrados, nenhum com vítima fatal. Foram 772 veículos abordados, gerando 320 autuações. 32 motoristas foram autuados por dirigirem sem habilitação, 7 por dirigirem sob efeito de álcool.

Apenas 2 acidentes tiveram vítimas parciais. 51 veículos foram removidos, sendo que todos por porque eram conduzidos por pessoas não habilitadas ou sem os documentos obrigatórios dos veículos.

Reportagem: Anderson Calandrini.

Fotos: BPRE

 

Compartilhamentos