Compartilhamentos

Um possível caso de tráfico humano foi registrado pela polícia na quinta-feira, 09, em Macapá. Uma menina de 10 anos teria sido vendida por R$ 6 mil pelos próprios pais para o senhor Augusto Gomes Tavares, de 69 anos, mais conhecido como “Casca Grossa”. Ele foi preso dentro de um barco no Canal das Pedrinhas junto a com a menina. Segundo o Batalhão de Rádio Patrulha da Polícia Militar (BRPM) tudo indica que a garota seria usada para fins sexuais no município de Afuá, onde o homem mora.

Junto com o idoso foram encontrados uma mala, celular e dinheiro. O caso chegou ao conhecimento da polícia através de uma denúncia ao Ciodes. “Casca Grossa confessou tranquilamente que deu R$ 6 mil para os pais da menina. A garota disse aos policiais que já estava com ele há oito dias e que ele já havia tentando acariciar as partes íntimas dela”, contou o aspirante Cecílio Costa, do BRPM.

O idoso foi preso no Canal das Pedrinhas dentro de um barco

O idoso foi preso no Canal das Pedrinhas dentro de um barco

Segundo o policial, que também participou da prisão, o que mais chamou atenção foi a forma natural e tranquila de falar do idoso. “Quando viu a PM ficou nervoso, mais quando conversamos ele estava tranquilo. Disse que iria levar a menina para a casa dele no Afuá. E que ela ficaria com ele”, afirmou o aspirante.

Os pais da garota não foram encontrados pela polícia. De acordo com os vizinhos da família, o casal teria fugido assim que entregou a menina ao idoso. O caso está sendo apurado pela Delegacia de Crimes Contra a Mulher.

Compartilhamentos