Compartilhamentos

De acordo com dados atualizados pela Defesa Civil, 151 pessoas de 24 famílias continuam desabrigadas em Ferreira Gomes, depois da enchente que castigou o município na semana passada.  12 famílias estão na Creche Municipal Sara Salomão, totalizando 77 pessoas. Outras 12 na Escola Municipal João Freire Cordeiro, sendo 74 pessoas atingidas. O abrigo localizado na Escola Municipal Pastor Jaci Torquato foi desativado. A maioria dos moradores já volta para as suas casas ou residência de parentes.

A Defesa Civil informou que o nível do rio baixou consideravelmente. Nesta terça-feira, 12, o rio Araguari mediu 3,98 metros, o que representa uma redução no volume de água de 1,22 metro em relação a quinta-feira, 07, quando o rio chegou a 5,20 metros. Em alguns pontos na parte baixa da cidade a água ainda não escoou. 58 bombeiros militares receberam o apoio de mais homens do CBM para ajudar na assistência às famílias que estão saindo dos abrigos.

Equipes da Defesa Civil distribui roupas e alimentos para os desabrigados

Equipes da Defesa Civil distribui roupas e alimentos para os desabrigados

As equipes de apoio do Estado e da Prefeitura de Ferreira Gomes continuam usando lanchas para levar água potável, cestas básicas, kits limpeza, kits bebê e colchões para as comunidades ribeirinhas. Um levantamento das vítimas ao longo do Araguari é realizado para verificar os danos provocados pela enchente. Esses dados vão subsidiar as indenizações aos afetados pela inundação.

A Defesa Civil monitora os abrigos e o nível do rio. Técnicos do governo do Estado estão fazendo visitas constantes para monitorar as represas de Coaracy Nunes e Caldeirão, para avaliar a possibilidade de novos riscos. Apesar da situação ter sido amenizada, o alerta continua.

Fotos: Alex Silveira/Agência Amapá

Compartilhamentos