Compartilhamentos

Humberto Baía, de Oiapoque – A Secretaria de Inclusão e Mobilização Social (Sims) e a Defesa Civil tomaram uma atitude diferente para ajudar famílias atingidas pela cheia do Rio Oiapoque, no extremo norte do Estado. Estão distribuindo frangos vivos para os moradores das áreas mais afetadas pelos alagamentos.

Há um mês Oiapoque vem sofrendo com a cheia na periferia da cidade. Desde então, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e Sims tem assistido as famílias afetadas. As águas baixaram, mas deixaram 400 famílias em situação precária.

Dona Maria José, 52 anos: ajuda

Dona Maria José, 52 anos: ajuda

Cestas básicas e até frango estão sendo doados. Dona Maria Jose, de 52 anos diz que “não é muita coisa, mas ajuda”.

A Defesa Civil de Oiapoque fez os cadastros das famílias e realiza reuniões periódicas com outros órgãos do município para avaliar a situação. Oiapoque ainda está em situação de emergência.

Polícia francesa cedeu helicóptero para ajudar no transporte de equipes e suprimentos

Polícia francesa cedeu helicóptero para ajudar no transporte de equipes e suprimentos

Em Vila Brasil, comunidade bem afastada da sede do município, até um helicóptero da polícia francesa está ajudando no transporte de alimentos e água.

A Secretaria de Assistência Social do município também fez doações de água e 400 cestas. Adriana Fontinele diretora do Programa de Assistência do município, diz que a ajuda vai continuar às famílias.

 

Compartilhamentos