Compartilhamentos

Élcio Barbosa –

Debaixo de chuva, o Independente venceu o Santos pelo placar de 2 a 1, em partida realizada nesta quarta-feira, 29, no estádio Olímpico Milton de Souza Correa, o Zerão. Rafinha marcou dois gols para o Carcará, e Fabinho diminuiu o placar. O Independente assumiu a terceira colocação com 3 pontos, e o Santos desceu para o 5º lugar na tabela do estadual.

A forte chuva preocupou os dirigentes momentos antes da partida, mas o “Carcará” da famosa Vila Maia, do município de Santana, não quis saber de conversa e tomou a iniciativa do jogo. Aos 10 minutos, Rafinha, bateu da entrada da área e fez Independente 1 a 0.

Goleiro Diego: chances desperdiçadas

Goleiro Diego: chances desperdiçadas

O Santos tomou um susto, e o time foi para o ataque. O ala Maicon Gaúcho chutou e a bola bateu na trave. O atacante Acosta também perdeu o gol. Após o cruzamento, ele chutou por cima do gol do Carcará.

Aos 30 minutos, Rafinha novamente. Ele recebeu o rebote do goleiro santista Diego e marcou o 2º gol para o Independente. O treinador Minga não gostou do que viu, e fez mudança na equipe.

O volante Roberto Assis saiu e entrou o atacante Cabralzinho. Mas o Peixe não conseguiu diminuir, e o placar do primeiro tempo que ficou nos 2 a 0 para o Independente..

No segundo tempo, o alviverde santanense pisou no freio. O Peixe iniciou a tentativa de diminuir o marcador a todo custo. O treinador Minga fez mais alterações no time. Aos 23 minutos, entrou Luciano Marba e saiu Acosta. Carlinhos Maraú entrou para a saída de Batata. Mesmo assim, a situação ficou difícil, para o Peixe. O volante Sandro foi expulso de campo.

A partida se aproximava do fim. O atacante Boquinha, do Independente, também foi expulso de campo. Só aos 46 minutos, perto do fim do jogo, o alvinegro, diminui com o Fabinho numa bela triangulação. Fim de jogo: Santos 1, Independente 2.

“Infelizmente o adversário aproveitou as oportunidades. O nosso time está criando as chances, mas a bola não entra. Espero que com trabalho e dedicação nós possamos reverter esse quadro”, disse o goleiro e capitão, Diego Cabral.

A Federação Amapaense de Futebol informou que a renda do jogo foi de pouco mais de mais de R$ 3 mil reais.

Elencos dos times:

Santos: 1 – Diego, 2 – Maicon, 3 – Dede, 4 – Vinícius, 6 – Batata (Maraú), 5 – Roberto (Cabralzinho), 7 – Sandro, 8 – Raí, 9 – André Cabeça, 11 – Fabinho e 10 – Acosta (Luciano). Treinador, Minga.

O Independente: 1 – Jamisson, 2 – Diego Negão, 3 – Max, 4 – Mico, 6 – Oberdan; 5 – Boquinha, 7 – Paulinho, 8 – Rafinha, 10 – Balão Marabá; 11 – Moisés e 9 – Armando. Treinador: Elton Vinhas. A Federação Amapaense de Futebol informou a renda do jogo em mais de R$ 3 mil reais.

Compartilhamentos