Compartilhamentos

O Departamento Estadual de Trânsito do Amapá (Detran) e o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar iniciam na semana que vem as fiscalizações para cobrar o licenciamento de veículos, cujo prazo para quitação termina no dia 31 de agosto.

Para ter o licenciamento é preciso quitar o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), que teve o calendário encerrado no dia 14 deste mês. Dos 116,1 mil veículos obrigados a recolher o IPVA, pelos menos metade já quitou o débito. Hoje, segundo o Detran, existe uma frota de veículos no Estado de 173 mil veículos entre carros e motos.

“Vamos iniciar a fiscalização nas ruas para garantir que nenhum veículos circule de forma irregular. Vale lembrar que esse dinheiro que o Estado arrecada é revertido à população por meio de políticas públicas”, ressaltou Inácio Maciel, diretor-presidente do Detran.

Estão isentos de pagar o IPVA os carros de órgãos públicos, acima de dez anos de vida útil e de propriedade de deficientes físicos. Já os veículos com vida útil abaixo de dez anos, que somam 116,1 mil, têm a obrigatoriedade.

O Amapá deve arrecadar R$ 56 milhões em 2015 com o recolhimento do IPVA, de acordo com informações da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz). O prazo para pagamento à vista com desconto e para o acerto da primeira parcela encerrou no dia 16 de março. Além disso, os contribuintes tiveram a opção de pagar parcelado em até seis vezes.

Fiscalização

A fiscalização nas ruas e rodovias estaduais será massificada pelo Detran a partir do início de setembro, com apoio da Polícia Militar, além de outras instituições ligadas ao trânsito. As barreiras serão montadas em pontos estratégicos. O veículo que estiver circulando de forma irregular estará sujeito à multa e apreensão.

Foto: Agência Amapá

Compartilhamentos