Compartilhamentos

O Tribunal Regional Eleitoral já julgou 527 prestações de contas de partidos e candidatos que disputaram as eleições do ano passado. Desse total, 123 foram reprovadas. Nesta quinta-feira, 3, o Pleno do TRE analisou mais 11 processos. 

As eleições do ano passado produziram 549 processos de prestação de contas. Além dos 123 rejeitados, 105 foram consideradas “não prestadas”, ou seja, ainda carecem de documentação e informações complementares.  269 foram aprovadas ou aprovadas com ressalvas.

Até agora, 61 candidatos foram condenados a devolver recursos e 17 partidos tiveram o Fundo Partidário suspenso. São eles: PSC, PHS, PR, PV, PCB, PT DO B, PTN, PC DO B, PRB, PSTU, PEN, PT, PRP, PSD, PMN, PT e PTB.

A maioria dos processos entrou na pauta de julgamentos entre janeiro e agosto deste ano. O total julgado representa 95,99% da meta do Projeto Meta Zero na Gestão Processual. A expectativa é terminar todos os julgamentos até o fim de setembro.

Compartilhamentos