Compartilhamentos

A coordenação do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente de Macapá divulgou na manhã desta segunda-feira, 5, o nome dos 10 eleitos para os cargos de conselheiros tutelares para o quadriênio de 2016/2019. O prazo para ações de impugnação termina nesta terça-feira, 6.

Huelma Medeiros, eleita pela Zona Sul, foi a campeã nas urnas com 3.724 votos. Além dela, foram eleitos Mauro Gemaque, Márcio Roberto, Edna Oliveira e Regiane Gurgel (reeleita). Para a Zona Norte os eleitos foram: Erica Nunes, Faraó (reeleito), Martinha (reeleita), Léo do Posto e Marlonzinho.

“Apesar de termos trocado algumas urnas por problemas técnicos, aqui em Macapá a eleição ocorreu com tranquilidade. Quem quiser recorrer ou impugnar eleitos o prazo é até amanhã”, destacou o presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente de Macapá, Nildo Souza.

A votação contou com boa participação de eleitores

A votação contou com boa participação de eleitores

Os eleitos serão diplomados em dezembro e tomarão posse no dia 10 de janeiro de 2016. Eles devem lutar para garantir o cumprimento da lei para proteção e educação de crianças e adolescentes.

“O conselheiro tem que ter compromisso com a causa da criança, conhecer o Estatuto da Criança e Adolescente. Além de defender e lutar para melhorias e efetivação de direitos básicos como saúde e educação”, frisou Souza.

Nildo Souza: eleitos tomarão posse em janeiro do ano que vem

Nildo Souza: eleitos tomarão posse em janeiro do ano que vem

A eleição do Conselho Tutelar mobilizou cerca de 700 pessoas e teve apoio da prefeitura de Macapá, TRE/AP, OAB/AP, Semast e Guarda Municipal. Ao todo, 86 candidatos disputavam as 10 vagas para conselheiros titulares e 10 para suplentes.

Esse foi o primeiro ano em que a eleição foi unificada, ou seja, além de Macapá, todos os outros municípios do Brasil também elegeram seus conselheiros tutelares. O TRE ainda contabiliza o número total de eleitores que votaram neste pleito.

Compartilhamentos