Compartilhamentos

O governo do Estado lançou nesta sexta-feira, 9, o edital para contratação de artistas locais para se apresentarem na 51ª edição da Expofeira do Amapá, que acontece no período de 30 de outubro a 8 de novembro. Os cachês variam de R$ 1 mil a R$ 4 mil. No total, 378 atrações serão selecionadas.

Segundo a Secretaria de Estado da Cultura (Secult), os projetos dos artistas serão avaliados por profissionais gabaritados que farão uso dos critérios estabelecidos no edital, cujo valor é de R$ 670 mil. O objetivo é assegurar a participação do máximo possível de artistas regionais no evento.

Secretário Disney Silva: o edital é a maneira mais democrática de seleção. Foto: André Silva

Secretário Disney Silva: o edital é a maneira mais democrática de seleção. Foto: André Silva

Os critérios que os avaliadores vão usar são: excelência artística da proposta, currículo, portfólio e conceito de regionalidade. As propostas vão passar por uma curadoria composta por oito pessoas, sendo quatro indicadas pela Secult e quatro indicadas pelo Conselho de Cultura.

“Todos os segmentos da cultura do Estado poderão participar da seleção, seja teatro, dança, capoeira regional, música, música gospel, enfim, todas as vertentes culturais. As atrações serão divididas em cinco palcos. O edital é a forma mais democrática de selecionar os participantes. O júri que vai fazer a seleção dos projetos é extremamente profissional”, afirmou Disney Silva, secretário de Cultura.

As inscrições poderão ser feitas no Centro de Convenções João Batista de Azevedo Picanço e no Sambódromo até o dia 19 de outubro. O pagamento dos artistas que forem selecionados será feito até 10 dias após o evento.

 

Compartilhamentos