Compartilhamentos

DA REDAÇÃO – 

As obras de recuperação e conservação da rodovia AP-070 no trecho de 15 quilômetros que vai do entroncamento do Paulo até o Distrito de São Joaquim do Pacuí já podem ser retomadas.

De acordo com a Secretaria de Estado dos Transportes (Setrap), as obras foram embargadas em dezembro de 2014 pelo Instituto do Patrimônio Histórico Artístico Nacional (Iphan) após a descoberta de um sítio arqueológico bem no meio da estrada.

“Tivemos que fazer uma alteração na obra e afastar o eixo da rodovia em dois metros para preservar o sítio arqueológico. Não realizaremos qualquer movimentação de terra em áreas que não são de domínio da rodovia sem antes serem prospectadas”, afirmou o titular da Setrap, Odival Moterrozo.

Segundo Monterrozo, o trabalho consiste na drenagem, terraplanagem e correções em áreas com erosão nesse trecho da rodovia. As obras estão previstas para iniciar a partir da segunda-feira, 30. O prazo de conclusão é para dezembro de 2016.

A autorização para a retomada da obra foi dada pelo Iphan depois longa negociação que teve a participação da Setrap, Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá (Iepa) e Instituto de Meio Ambiente do Amapá (Imap).

O trecho em questão é um dos mais problemáticos no período invernoso, dificultando o trânsito de veículos naquela região. Os atoleiros deixam até carros grandes como ônibus e caminhões pelo caminho.

Compartilhamentos