Compartilhamentos

DA REDAÇÃO –

Em quase todo bairro de Macapá existem grupos de pessoas que passam o dia nas calçadas “reparando” carros e consumindo bebida alcoólica, geralmente cachaça, além de outras drogas mais pesadas como crack. E as brigas (entre outros crimes) são bem comuns. Uma delas terminou em assassinato na madrugada desta terça-feira, 1º, na Feira da 1º de Maio, no Bairro do Trem, área central da capital. A vítima tinha 27 anos.

A Polícia Militar foi avisada depois da meia-noite. De acordo com testemunhas, Adriano de Souza Lima tinha uma rixa antiga com Kelson Leão Gomes, de 38 anos, que foi preso pelo crime. Ele tinha manchas de sangue na roupa.

Momentos antes, os dois tiveram um confronto, e Kelson teria levado a pior. De acordo com outros “moradores” da feira, os dois sempre brigavam e Kelson sempre apanhava. Mas desta vez ele estaria determinado a se vingar da pior forma.

A polícia acredita que Adriano foi surpreendido no banheiro por Kelson e outras pessoas. Mais três foram presos com ele: Danilo Cardoso da Silva, de 25 anos, Anilvo Vanderlei Foltona, 33, e Joelson Cardoso da Silva, de 40 anos. 

Há informações de que Adriano teria passagem pelo Iapen por furto. Todos os suspeitos foram levados para a Delegacia de Crimes Contra a Pessoa (Decipe). 

Compartilhamentos