Compartilhamentos

OLHO DE BOTO –

Um suspeito de cometer assaltos foi morto a tiros no fim da tarde deste sábado, 26, na “Passarela do Coqueiro”, área de pontes entre os bairros do Buritizal e Nova Esperança, em Macapá.  Segundo pessoas que conheciam a vítima, a ordem para matá-lo teria partido de dentro do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen).

Segundo testemunhas, Ramonzinho estava bebendo refrigerante com o assassino. fotos: Olho de Boto

Segundo testemunhas, Ramonzinho estava bebendo refrigerante com o assassino. Fotos: Olho de Boto

Ramon Ferreira de Melo, de 20 anos, o Ramonzinho, foi morto com três tiros. Desde a adolescência ele colecionava passagens por assalto. De acordo com testemunhas, Ramonzinho estava bebendo refrigerante na ponte na companhia de um irmão e de um homem identificado apenas como Lucas.

“Eles estavam conversando e aparentemente houve um desentendimento. O Lucas sacou a arma e atirou”, informou o sargento Roberto Nunes, do 1º Batalhão da Polícia Militar.

Ramonzinho tinha passagens por assalto. Foto cedida pela polícia

Ramonzinho tinha passagens por assalto. Foto cedida pela polícia

Sobre a suposta ordem que teria partido do Iapen, o sargento disse que estava tendo dificuldades de confirmar essa informação já que parentes estavam com medo de falar, mas comentou que ouviu o mesmo relato de outros moradores e amigos da vítima.

O Batalhão de Operações Especiais (Bope) e o Batalhão de Rádio Patrulhamento Motorizado (BRPM) fizeram incursões no local, mas nenhum suspeito foi preso.

Compartilhamentos