Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Desde o dia 1º de janeiro os jovens amapaenses interessados em ingressar nas forças armadas podem fazer o alistamento militar sem sair de casa, via internet. A mudança tem o objetivo de facilitar e agilizar o processo de alistamento, além de reduzir o número de filas e incentivar o número maior de jovens. O Amapá é o oitavo Estado da federação a fazer a mudança.

De acordo com dados da 34ª Junta Militar do Amapá, o Estado tem 13 distritos de alistamento. Sendo que cada um cadastra, em média, cerca de 4 mil jovens todos os anos, mas apenas 2 mil chegam ao fim do processo e pouco mais de 1 mil prestam serviço.

Antes com longas filas, hoje a Junta Militar está vazia

Antes com longas filas, hoje a Junta Militar está vazia

“Os adolescentes hoje são ligados na internet, e podem fazer o alistamento on line sem ajuda de ninguém. Basta ter toda a documentação pessoal em mãos. São sete etapas. A primeira de cadastro geral, a segunda de documentação escolar, dados dos pais, endereço e assim por diante. Eles só virão aqui na Junta Militar fazer o exame médico e se apresentar”, explica Valdineia Rodrigues, auxiliar em alistamento.

O alistamento militar é obrigatório a todo jovem brasileiro do sexo masculino. A inscrição geralmente é realizada no período de 1º de janeiro ao último dia útil do mês de junho do ano que o cidadão completa 18 anos. Os homens devem se alistar no serviço militar de 18 a 29 anos.

Valdinéia Rodrigues: o jovem precisa passar por sete etapas para concluir o alistamento on line

Valdinéia Rodrigues: o jovem precisa passar por 7 etapas para concluir o alistamento on line

Jovens que passaram da idade e não se alistaram, podem pagar multa no valor R$ 1,38. A junta militar em Macapá fica localizada na Rua Odilardo Silva, Bairro do Trem. Antes da mudança, todos os dias cerca de 100 jovens procuravam o local. Hoje está vazio. O alistamento on line é feito no site http://www.alistamento.eb.mil.br/.

Compartilhamentos