Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

A Polícia Civil do Amapá ainda não tem pistas do assassino de um ex-detento ocorrido na madrugada desta segunda-feira, 7, no Bairro Novo Horizonte, na Zona Norte de Macapá.

Segundo a Polícia Militar, Jeferson Souza da Silva, o “Rodela”, de 22 anos, estava caminhando em um lugar bastante escuro e rodeado de mata. O caminho era o principal acesso para a casa onde morava.

Rodela foi morto no caminho para casa. Fotos: Olho de Boto

Rodela foi morto no caminho para casa. Fotos: Olho de Boto

Rodela respondia por roubo e, segundo moradores, tinha se envolvido em confusões no bairro. Foto: arquivo policia

Rodela respondia por roubo e, segundo moradores, tinha se envolvido em confusões no bairro. Foto: arquivo policia

Ao passar pelo matagal, ele não imaginava que estava sendo esperado no meio da escuridão. A vítima ainda tentou correr, mas recebeu dois tiros pelas costas, segundo informou a perícia. O tiro mortal foi disparado na cabeça.

Quando a equipe do Corpo de Bombeiros chegou ao local a vítima já estava morta.

A Polícia Militar disse que Rodela já tinha passagem pelo Iapen e estava respondendo a processo por roubo. Moradores também relataram que ele constantemente se envolvia em confusão no bairro. A PM acredita em acerto de contas.

Equipes do 2º Batalhão da Polícia Militar fizeram incursões no Novo Horizonte, ninguém nenhum foi localizado. 

Compartilhamentos