Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

A Polícia Técnica vai analisar as bebidas apreendidas pela Polícia Militar neste fim de semana no Bairro do Trem, área central de Macapá. A suspeita é de que o whisky seja falsificado. O vendedor foi conduzido para a delegacia de polícia para prestar esclarecimentos, e depois foi liberado.

Ao todo foram apreendidas 11 garrafas de várias marcas. A apreensão ocorreu depois que um homem denunciou que havia comprado whisky falsificado.

De acordo com o Batalhão de Rádio Patrulhamento Motorizado (BRPM), a vítima do suposto golpe descobriu que a bebida era falsificada ao comparar o lacre da garrafa com o de outra garrafa do mesmo produto. Os lacres eram diferentes. 

Outras garrafas foram encontradas com o suspeito. Fotos: Olho de Boto

Outras garrafas foram encontradas com o suspeito. Fotos: Olho de Boto

A vítima, que comprou duas garrafas por R$ 80 cada em um bar no Bairro Jardim Felicidade, marcou um encontro com o vendedor no Bairro do Trem no último sábado, 23, e chamou a polícia.

O vendedor Ângelo Moraes Guedes, de 42 anos, foi conduzido para o Ciosp do Pacoval com mais produtos que estavam dentro do carro dele. No celular do suspeito a polícia encontrou conversas de comerciantes encomendando as bebidas.

O delegado Leandro Totino encaminhou o produto para a Politec. Se a suspeita for comprovada, Ângelo Moraes será indiciado.

Compartilhamentos