Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Uma discussão de trânsito terminou com a morte de um mototaxista de 39 anos na noite deste domingo, 8, no Bairro Perpétuo Socorro.

O crime ocorreu por volta das 21h, na Avenida Pedro Américo. A vítima foi o mototaxista Benedito Gomes Furtado que morreu no local.

A Polícia Militar prendeu outro mototaxista, Claudionor Silveira da Silva, de 43 anos. O teste do bafômetro acusou nele um teor de álcool muito acima do tolerado, o que caracterizou crime de trânsito.

Moto de Benedito Furtado. Fotos: Olho de Boto

Moto de Benedito Furtado. Fotos: Olho de Boto

Moto de Claudionor Silva, preso por embriaguez

Moto de Claudionor Silva, preso por embriaguez

As circunstâncias do crime ainda não estão muito claras. Uma testemunha entrevistada por SELESNAFES.COM afirmou que viu quando Claudionor Silva trafegava discutindo com o motorista de um HB20 branco. O carro não estaria permitindo a ultrapassagem.

Durante a discussão, e a disputa por espaço na rua, o HB20 teria passado para a contramão numa tentativa de fechar a moto, atingindo a mototáxi de Benedito Furtado. A vítima foi arremessada a vários metros do local e morreu na hora.  

Uma testemunha disse que uma discussão entre Claudionor e o motorista de um HB20 branco teria causado a morte

Uma testemunha disse que uma discussão entre Claudionor e o motorista de um HB20 branco teria causado a morte

“O motorista do HB20 branco desceu, olhou os estragos no carro e foi embora”, disse a testemunha que não quis ser identificada. No momento da ocorrência a Polícia Militar não confirmou esta versão por que logo depois a testemunha sumiu do local do acidente.

As duas mototáxis são legalizadas. A moto de Claudionor Silva também caiu durante a confusão, mas ele não teve ferimentos graves.

“O mototaxista Claudionor foi preso e não consegue explicar direito o que ocorreu. Ele fala palavras desconexas por estar em visível estado de embriaguez”, informou o capitão Santos, da PM.

Compartilhamentos