Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

A Polícia Federal no Amapá deflagrou na manhã desta terça-feira, 17, a operação “Duplo-Cego” nos municípios de Macapá e Ferreira Gomes, distante 130 quilômetros da capital. Foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão, e quatro de condução coercitiva.

A PF não divulgou os nomes dos presos, mas informou que os acusados formavam uma quadrilha especializada no esquema de fraude em licitação no município de Ferreira Gomes. Seis pessoas foram presas em Macapá e duas em Ferreira Gomes. Vários documentos e materiais foram apreendidos na Secretaria de Saúde de Ferreira Gomes.

Os acusados direcionavam as licitações da Secretaria Municipal de Saúde de Ferreira Gomes para empresas de fachada do mesmo proprietário.

A fraude em licitação era para aquisição de equipamentos hospitalares no município. Ainda não há estimativa do valor desviado pelo esquema, que teria ocorrido entre os anos de 2008 a 2012, na gestão do ex-prefeito de Ferreira Gomes, Valdo Sales (PT).

Os investigados irão responder pelos crimes de fraude em licitação, associação criminosa e peculato.

Compartilhamentos