Compartilhamentos

VALDEÍ BALIEIRO

Um prédio localizado no centro de Macapá tem chamado atenção de quem trabalha próximo. Isso porque o local está abandonado e hoje serve de local para usuários de drogas e assaltantes se esconderem.

Interior do prédio acumula muito lixo. Fotos: Valdeí Balieiro

Interior do prédio acumula muito lixo. Fotos: Valdeí Balieiro

Segundo o advogado trabalhista Carlos Souza, o local pertence à Amapá Previdência (Amaprev) e está abandonado faz mais de seis anos.

Fotos: Valdeí Balieiro

Carlos Souza, advogado: “prédio está abandonado faz mais de seis anos”

“Já presenciei várias pessoas entrando e saindo desse local. São usuários de drogas que ainda ousam mexer com as pessoas que passam na rua”, disse.

Ele ainda conta que, ao chegar ao seu local de trabalho, alguns usuários gritam o chamando de “vizinho” e se dizem moradores do prédio.

Prédio

Parte do telhado está sem telhas

“Já comunicamos ao secretário da Amprev, doutor Arnaldo, mas a única coisa que ele fala é que será feito reforma, porém, nada sai do papel”, reclama.

Algumas pessoas que passavam pelo local reclamaram do odor que exala de dentro do prédio. Ao entrarmos presenciamos vários papéis jogados no chão e muito mal cheiro em decorrência de fezes e urina dos usuários que frequentam o local durante a noite.

No momento da nossa reportagem, uma equipe da Amprev chegou no prédio abandonado, mas não aceitou falar, apenas pediram nossa retirada e não se deixaram fotografar.

Compartilhamentos