Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

A Secretaria de Estado da Administração (Sead) divulgou nesta quarta-feira, 29, que em alguns meses terá uma economia de R$ 18 milhões mensais na folha de pagamento dos servidores. A economia é resultado da transposição de servidores para os quadros da União. 56 deles já estão com os processos concluídos.

Os nomes foram divulgados esta semana pela Superintendência de Administração do Ministério do Planejamento (Samp) e publicados no Diário Oficial. Essa é a primeira lista de um longo processo de transposição que envolve o Amapá, Acre e Roraima.

20160629_103913

Gerente de Recursos Humanos do Território, Ilana Vilhena: “economia permitirá novos investimos ao Amapá”. Fotos: Cássia Lima

“Nós estimamos uma economia de R$ 18 milhões mensais e R$ 225 milhões ao ano. O governo pode investir esse recurso na melhoria dos salários, na saúde e educação. A próxima etapa será a publicação de portaria de enquadramento. Depois tem a documentação final e a transposição finalizada. Estimamos que em três meses os servidores estejam recebendo pelo Governo Federal”, explicou a gerente de Recursos Humanos do Território, Ilana Vilhena.

Lista com os nomes dos servidores aptos à transposição

Lista com os nomes dos servidores aptos à transposição

Segundo dados da Comissão Especial de Análise de Processos da Transposição de servidores desses três estados, só do Amapá são cerca de 10 mil pedidos, mas que já há uma previsão de 3 mil servidores aptos.

Gorete Sousa

Goreth Sousa, secretária de Administração: “previsão é que 3 mil servidores passem para os quadros da União”

“Estimamos esses 3 mil que de fato trabalharam de 1988 a 1993. Muitos passaram em concursos nesse período e depois foram chamados. No momento, estamos aguardando o parecer da comissão”, garantiu a secretária de Administração, Goreth Sousa.

Para os listados nessa primeira chamada o próximo passo é aguardar a notificação, esperar a chamada e entrega de documentos ao Ministério. De acordo com a Sead, mais nomes deverão sair nas próximas listagens.

Compartilhamentos