Compartilhamentos

SELES NAFES

O presidente da Câmara de Vereadores, Acácio Favacho (Pros), confirmou no início da tarde dessa quinta-feira, 28, que o empresário Adiomar Veronese, dono da gigante Nutriama, será mesmo o candidato a vice na chapa de Gilvan Borges (PMDB) na corrida pela prefeitura de Macapá. O governador do Amapá, Waldez Góes, presidente do PDT, concordou com a indicação.

Adiomar Veronese nunca se candidatou a cargo público, mas foi apoiador de diversas chapas no Amapá, como a que lançou Lucas Barreto (hoje no DEM) e Jaime Nunes (grupo Domestilar) ao governo do Estado em 2010. Lucas perdeu de virada no segundo turno para Camilo Capiberibe (PSB).

O empresário Adiomar Veronese é filiado ao Pros desde o ano passado. 

Acácio Favacho: "se tiver oportunidade fará muito pela cidade". Foto: Arquivo

Acácio Favacho: “se tiver oportunidade fará muito pela cidade”. Foto: Arquivo

“Ele é um empreendedor de visão, e se tiver oportunidade de fazer alguma coisa fará muito por essa cidade”, defende o presidente Acácio Favacho.

As negociações para a ida de Veronese para a função de vice de Gilvan elevaram o status do cargo. Vários partidos passaram a brigar para também fazer indicações.

Até esta quinta-feira havia a possibilidade de o PDT indicar o vice, afinal, a candidatura de Gilvan foi definida pelo próprio governador Waldez Góes em detrimento de outros nomes do partido, como o deputado estadual Ericláudio Alencar, líder do governo na Assembleia Legislativa. No início da tarde, Waldez aprovou o nome de Veronese. 

Compartilhamentos