Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

O menino de três anos de idade que recebeu uma descarga elétrica no último dia 24 de junho, na Avenida Primeiro de Maio, no Bairro Buritizal, Zona Sul de Macapá, passou por uma cirurgia na última terça-feira, 28. Ele teve os dois pés amputados e já saiu da UTI. O menino agora aguarda na sala de queimados do Hospital de Emergências (HE) ainda sedado.

A transferência da criança para a UTI ocorreu após intervenção do Ministério Público, que recebeu denúncia do Conselho Tutelar da Zona Sul e solicitou uma vaga de UTI apropriada para a idade do menino ao Governo do Estado. Segundo o conselheiro que acompanha o caso, Márcio Barreto, por não haver vaga na UTI do Pronto Atendimento Infantil (PAI), ele teve que permanecer no HE.

“No PAI não tinha leito, estão todos ocupados. Ele [a criança] amputou do joelho para baixo da perna esquerda e o pé direito também teve de ser tirado. Ele saiu da UTI e está na sala de queimados devido às queimaduras de terceiro grau por conta da descarga elétrica”, informou o conselheiro.

A família do menino está fazendo uma campanha para arrecadar fraldas descartáveis e óleo corporal. As doações podem ser feitas no próprio HE. A avó materna é quem está com a guarda provisória da criança.

O Departamento de Assistência Social da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) informou ter se colocado à disposição da família, e disse que estará atendendo, dentro das possibilidades, os pedidos da avó da criança.

Compartilhamentos