Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Raimundo Santos Teixeira é funcionário público aposentado e para todos se apresentava como avô de uma menina de apenas 8 anos. Na tarde deste domingo, 14, ele preso pela Polícia Militar de Porto Grande, a 105 quilômetros de Macapá, acusado de estuprar a menina.

O crime ocorreu por volta das 15h, e foi denunciado pela avó da criança. Na verdade, Raimundo Teixeira não era o avô legítimo da criança.

Raimundo Teixeira preso na delegacia de Porto Grande: fugiu ao ser flagrado pela avó da criança

Raimundo Teixeira preso na delegacia de Porto Grande: fugiu ao ser flagrado pela avó da criança

  “Ele é companheiro da avó da vítima que era criada por eles. A criança estava no quarto com ele e a avó escutou um barulho estranho na cama. Quando ela foi ver a menina estava desnuada da cintura para baixo e o acusado se esfregando na menina”, explicou o delegado Júlio César Darques.

A avó chamou a Polícia Militar e o marido fugiu da residência, sendo interceptado logo em seguida tentando sair da cidade por uma equipe do 7º BPM. Ele foi encontrado na Colônia do Matapi.

Ele está preso na delegacia de polícia de Porto Grande, e, nesta terça-feira, 16, deverá ser encaminhado para audiência de custódia que irá definir se ele permanecerá preso ou ficará livre até o julgamento do caso.

Compartilhamentos