Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

O governador do Amapá, Waldez Góes (PDT), votou às 12h20min deste domingo, 30, na Escola Estadual Zolito Nunes, no Bairro do Beirol, na Zona Sul de Macapá. Tranquilo, ele fez uma breve avaliação do segundo turno.

Waldez chegou acompanhado da esposa, a deputada Marília Góes (PDT) e assessores. Para ele, o segundo turno foi tranquilo e oportuno para o eleitor.

“O segundo turno foi uma oportunidade para se evidenciar ainda mais a reflexão do que propõe cada candidato. O eleitor pode acompanhar de forma mais focada as propostas, pensamentos e pautas, e a população ficou mais atenta para definir seu voto. Foi uma campanha democrática”.

Governador se identifica aos mesários antes de votar

Governador se identifica aos mesários antes de votar

Ao ser perguntado sobre a possível confirmação da eleição do candidato Clécio Luis (REDE), conforme apontam as pesquisas, ele respondeu:

“Vamos respeitar as diferenças, e se possível trabalhar conjuntamente. Eu nunca tive nenhuma dificuldade de me relacionar com nenhum prefeito do Estado e assim será. O país vem passando por uma crise que ainda não saímos dela, e ainda temos muitas dificuldades. É importante que as instituições construam caminhos para trabalharem em favor da sociedade, frisou o governador.

Waldez chegou acompanha de sua esposa, Marília Góes. Fotos:Cássia Lima

Waldez chegou acompanha de sua esposa, Marília Góes. Fotos:Cássia Lima

Compartilhamentos