Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

A Secretaria de Transportes do Estado (Setrap) informou que pavimentou três quilômetros e meio das obras de alargamento da Rodovia Duca Serra e da Ponte da Lagoa dos Índios, desde que a obra começou no início do ano. Os serviços continuam no período de chuvas, mas em ritmo lento. A estimativa é que a obra seja concluída na metade de 2017.

As equipes da Setrap trabalham na construção de duas rotatórias, uma na entrada do Goiabal e a outra no cruzamento com a rodovia AP-440. De acordo com o projeto de duplicação, também será construído um elevado que permite a ligação com a Rodovia Norte-Sul, que terá as obras retomadas em 2017, de acordo com o governo. 

Projeto de ampliação da Duca Serra. Fotos: Setrap

Projeto de ampliação da Duca Serra. Imagem: Setrap

O ponto mais delicado da obra é a parte que compreende a Lagoa dos índios. A área é considerada um ponto de estrangulamento no tráfego de veículos e é a causa de engarrafamentos no trecho durante os horários de pico. O projeto prevê a ampliação da ponte em 50 metros que fará a interligação nos dois lados da lagoa.

“A construção desta ponte vai revitalizar a questão ambiental e hídrica do lugar, já que hoje existem dois bueiros que fazem a ligação dos lados. Com a nova estruturação, o espaço embaixo ficará mais livre diante dessas características naturais” disse o secretário de transporte, Jorge Amanajás.   

Secretário de Transportes, Jorge Amanajás:

Secretário de Transportes, Jorge Amanajás: ponte revitalizará questão ambiental da Lagoa dos Índios. Foto: arquivo/SELESNAFES

O dinheiro da obra é de operações de crédito realizadas pelo Governo do Amapá com a Caixa Econômica Federal, além de contrapartida de recursos do tesouro estadual. As duas estão estimadas em mais de R$ 20 milhões.

O governo vê como positiva a obra da Rodovia, já que ela será um ponto de ligação à área metropolitana da capital com os municípios de Santana e Mazagão e a outras rodovias estaduais, como a AP-440 e a rodovia AP-010, além das BR’s 156 e 210.

Atual estrutura está está velha. Foto: Seles Nafes

Atual estrutura será mudada com ponte. Foto: Seles Nafes

 Alargamento

 A Secretaria já terminou o alargamento de mais de três quilômetros da rodovia no trecho que compreende a sede do 34º Bis até a entrada da ponte. Todo este trecho já recebeu a terraplanagem e asfaltamento.

 A partir de segunda-feira,  dia 2 de janeiro, as frentes de trabalho se concentram na terraplenagem nos trechos localizados na entrada do Goiabal, na entrada do Bairro Marabaixo, desde a frente do prédio do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) até o Km 9.

Projeto da ponte sobre a Lagoa

Projeto da ponte sobre a Lagoa. Imagem: Setrap

Além do processo de alargamento nesses trechos, também haverá a construção de três rotatórias, uma na entrada do Bairro Goiabal, outra no Bairro Cabralzinho e a terceira no cruzamento com a Rodovia AP-440.

 A maior modificação no trajeto do trânsito será na área da rotatória do Goiabal. Além da rotatória, haverá outras duas vias que darão acesso exclusivo para o bairro e também para o Marabaixo.

Compartilhamentos