Compartilhamentos

SELES NAFES

A presidente do PRB no Amapá, Aline Gurgel, negou que a saída do vereador Odilson Nunes, da legenda, tenha se dado de forma conflituosa. O partido publicou nota neste fim de semana comunicando o desligamento do vereador.

Procurada pelo portal SELESNAFES.COM, Aline disse nesta segunda-feira (12) que a saída do parlamentar foi amigável.

“Ele tem planos individuais que não são os mesmos do partido, pelo menos por enquanto. Ele tem o projeto de ser candidato a deputado federal, mas o PRB tem outro caminho”, justificou.

A presidente do PRB também garantiu que o partido não irá reivindicar judicialmente vaga do vereador, como ocorreu após a saída do deputado Ericláudio Alencar, hoje no PDT. Ele conseguiu manter o mandato depois de uma longa batalha na justiça. 

Vereador Odilson Nunes ainda não informou para que partido vai migrar. Foto: Ascom

Com a saída de Odilson Nunes, que ainda não anunciou para que legenda vai migrar, o PRB passa a ter apenas um representante na Câmara de Macapá, a vereadora Patriciana Guimarães.

Na Assembleia Legislativa, o partido tem três parlamentares: Jory Oeiras, Pastor Oliveira e Jaime Perez.

Compartilhamentos