Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Duas crianças morreram, uma de 2 meses e outra de 1 ano e 9 meses, após o incêndio na casa onde moravam em Santana. O incidente ocorrido na madrugada de quinta-feira (15), ainda deixou mais três membros da mesma família em estado grave no Hospital de Emergências de Macapá.

Iasmim dos Anjos da Silva, de apenas 2 meses, morreu logo após a chegada do Corpo de Bombeiros. Ela tinha queimaduras graves de até terceiro grau e possuía 98% do corpo queimado.

A família dormia no momento do incidente. Fotos: cedidas via CBM

O menino, Moisés Ferreira dos Anjos, de 1 ano e 9 meses faleceu nesta sexta-feira (16), no hospital por complicações respiratórias. Ele também tinha queimaduras de primeiro e segundo grau.

Segundo o Boletim Médico divulgado pelo hospital às 10h, o avô Josivaldo César da Silva, de 42 anos, está em situação gravíssima. Ele teve 80% do corpo queimado no incêndio.

A mãe das crianças Débora Ferreira dos Anjos, de 21 anos, está internada no CTI também em estado gravíssimo. Ela possui queimaduras em 95% do corpo.

Vítimas tiveram perda total

A terceira vitima viva é Danielle Vitória dos Anjos, de 3 anos. Ela é a que possui o quadro de saúde mais estável, apesar de ter o corpo 30% queimado.

Incêndio

O incêndio ocorreu em uma casa localizada numa vila de kitnets na Avenida Princesa Isabel, número 2403, Bairro Paraíso, em Santana, município localizado a 17 quilômetros de Macapá. A família dormia no momento que o fogo se espalhou pela casa.

Perícia suspeita de aparelhos eletrônicos ligados como causadores do incêndio

Segundo o Corpo de Bombeiros, a perda foi total com a queima de móveis e objetos pessoais das vítimas. A causa do incêndio está sendo investigada pelo Corpo de Bombeiros, mas a perícia já suspeita de dois objetos.

“Suspeitamos de um celular que estaria carregando e um ventilador que estava ligado. O laudo final será emitido em 30 dias”, explicou a tenente coronel do Corpo de Bombeiros, Arlete Picanço.

Compartilhamentos