Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

O bairro Muca, na zona sul de Macapá, será contemplado com a reforma de oito passarelas em madeiras. A associação de moradores diz que até o momento três foram concluídas. A população do bairro fala que já pediu um posicionamento da prefeitura sobre a continuação dos trabalhos, mas ainda não teve resposta.

De acordo com a Secretaria Municipal de Obras (Semob), os serviços foram interrompidos para que seja realizada a medição do que já foi executado, para liberação do restante dos recursos.

Oito passarelas aguardam entraram no cronograma de reformas Foto: André Silva

O presidente da Associação de Moradores do Bairro Muca, Edir Gama, disse que as obras foram interrompidas há quase um mês. Segundo ele, até o momento foram concluídas as passarelas da Tamoios, Pastor Deocleciano e Ponte S.do Senna.

Estruturas das passarelas estão danificadas Foto: André Silva

“Eles disseram que iriam retomar as obras na primeira quinzena de setembro, mas já estamos finalizando a segunda, e nada. A gente liga para o responsável para pedir satisfação, porque o dinheiro já está em conta, e ele não atende”, reclamou o presidente.

Morador que é deficiente visual diz que já caiu várias vezes por causa da estrutura Foto: André Silva

O deficiente visual Miguel Rodrigues, de 47 anos, disse que já sofreu muito por causa da condição da passarela que dá acesso à sua casa. Ele mora na Passagem Rui Barbosa, que está no cronograma de reformas da prefeitura.

“Eu já caí muitas vezes aqui. Minha perna tem várias cicatrizes. Se eles fizessem essa passarela, resolveria nosso problema e do resto dos moradores daqui”, sugeriu o morador.

 

Compartilhamentos